logo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Etiam posuere varius magna, ut accumsan quam pretium vel. Duis ornare felis

Hirtenstraße 19, 10178 Berlin, Germany
(+44) 871.075.0336
ouroffice@cortex.com

Agência Lets - Growth Marketing

Growth Hacking – Crescimento Estratégico, Constante e Hackeado!

Você sente que o seu negócio pode crescer mais, mas não sabe como? Temos uma ótima dica para você, Aplique o Growth Hacking na sua empresa e veja-a crescer como nunca.
Não sabe como fazer? Relaxa, que ao terminar este artigo teremos resolvido isso para você em apenas 06 Passos.

Aprenda como Empresas Globais como Airbnb, Facebook, Twitter, DropBox, Youtube, entre outras, ganharam milhões de Dólares com essa técnica que é descrita por muitos como “O Novo Mindset para o Marketing”.
Antes de te ensinar como fazer, temos que lhe explicar o que é o Growth Hacking, para o que ele serve e o que você precisa ter em mãos para aplicá-lo.

O que é Growth Hacking?
“É uma área cujo objetivo é o verdadeiro crescimento. Tudo o que é feito, deve ser examinado por seu potencial impacto sobre o crescimento escalável” – Sean Ellis – O Criador do Termo.

De forma bem direta, o Growth Hacking são Técnicas e Processos que tem como Objetivo Principal fazer a sua Start up crescer.
Nessa pequena frase esconde a diferença do Growth Hacking para as demais técnicas já conhecidas, ela tem que ser aplicada em toda a empresa e em todos os processos.

Por exemplo, para você vender bem um produto na internet, o seu crescimento pode estar nos processos do seu suporte ao usuário e, não necessariamente, no processo de marketing ou venda do produto. Isso vai ficar mais claro no decorrer do artigo, fique tranquilo.

Para traduzir literalmente “Growth” vem de crescimento e o “Hacking” vem de Hacker mesmo. É isso que você fará com o seu crescimento, vai hackeá-lo, encontrando brechas em todos os processos. Isso é feito com Marketing, Análise, Tecnologia e Criatividade. A pergunta que você precisa fazer é: “Como eu posso divulgar melhor o meu produto (negócio, projeto, serviço..) para viralizá-lo, ganhando visibilidade e retorno rápido?”.  É necessário analisar todos os aspectos da empresa, para encontrar o que pode ser acrescentado, retirado ou otimizado. Desde o Departamento Financeiro, Time de Desenvolvimento, Vendas, Marketing, RH, etc.

Além de proporcionar o crescimento acelerado o Growth Hacking consegue colocar as pequenas e médias empresas em patamares de igual para igual com negócios grandes que dominam o mercado. É natural vermos Negócios Digitais crescendo e tomando mercado de gigantes, inclusive no setor financeiro que há um tempo era um setor fechado por Grandes Bancos.

Isso acontece pela lentidão dentro das grandes corporações para a tomada de decisão e ação. A burocracia para mudanças em grandes empresas é grande demais e a agilidade de mudança nas Start Ups é extrema. Se você ainda está cético, fique tranquilo que tudo vai fazer sentido em breve.

E o que você precisa ter para aplicar o Growth Hacking?

O Primeiro Passo – Tenha um ótimo produto. (Para o mercado, não para você)

Quando temos uma grande ideia, achamos que ela é infalível e vamos ganhar muito, mas muito dinheiro. Podemos estar certos? Sim! Podemos estar errados? Quase sempre…
O Growth Hacking trabalha essencialmente com experimentação e se você tem essa mentalidade, ótimo! Caso você não tenha, leia nosso artigo sobre MVP.

O que o MVP tem a ver com isso? O Mínimo Produto Viável nos da a chance de testar e validar a nossa ideia no mercado, recebendo feed backs construtivos e REINVESTINDO no produto. O que isso quer dizer? Que ao validar a sua ideia, você tem um produto que o mercado aceitou e disse: “Opa, esse negócio aqui é bom.”.

Agora você já sabe qual o primeiro passo para todo o seu trabalho de Growth não ser em vão. Ninguém merece querer otimizar processos de um Produto que ninguém quer, certo?

O segundo passo – Foque no Segmento de Clientes.

Quando você validou a ideia, você conseguiu a afirmação do mercado que a sua solução resolve um determinado problema. O segmento de Clientes são aquelas pessoas que tem essa tal necessidade que você Sana ao Mercado.
Você precisa focar nesse grupo, de verdade. Sei que vai ser tentador querer vender a sua solução para todo mundo, mas é esse grupo que vai te dar os melhores feed backs de como melhorar o seu produto e os seus processos. É a outra extremidade. Você agora tem o Produto Certo de um lado e do outro tem Todos que comprariam de você. O Growth Hacking fará você otimizar tudo que está entre esses dois pontos. Não só o Marketing e Vendas, mas todos os processos. Como já dissemos anteriormente. Clareou?

O terceiro passo – Identifique Oportunidades

Agora chegou o momento tão esperado, como eu aplico o Growth Hacking?
A resposta está na Análise e nos Experimentos. Parece Simples, mas não é fácil. Vamos lhe dar o caminho das pedras em breve…

Então para facilitar, vamos primeiro explicar o que você precisa ter para ser um Profissional da área de Growth.

O Profissional do Growth deve estar ciente de tudo o que rola na Start Up e para isso precisa deter diversos conhecimentos em diversas áreas de atuação.
Ele precisa ser Expert em tudo?

Não! O Growth Hacker precisa saber como solicitar cada processo ou ação do time. Por exemplo:

O Growth Hacker precisa que um processo de cadastro novo de clientes seja feito e, para isso, ele necessita de uma página de cadastro, uma sequência de emails e uma configuração na home page para integrar tudo isso.
Ele precisa ter um conhecimento para pedir isso aos demais profissionais, ou seja, o que deve ser feito e não necessariamente como será feito.

O Growth Hacker é um pouco de tudo e muito de algo…
É como se fosse um Canivete, com muitas opções, porém, no nosso caso, em pelo menos uma das Habilidades ele tem que ser muito bom.

O profissional precisa ter conhecimentos básicos em:

Ferramentas de Pesquisa
Analytics, Adwords, etc.

Marketing Digital
SEO, SEM, Remarketing, etc.

Marketing Tradicional
Guerrilha, Planejamento Estratégico, etc. Programação, codificação e linguagem de web – HTML, CSS, PHP, etc. Design – Design Thinking, Prototipagem, etc.

Psicologia Comportamental
Comportamentos, Dores dos Clientes, etc.

Branding
Gestão e Posicionamento de Marca, etc.

Automação e API’s
Configuração, Desenvolvimento, etc.

Inbound Marketing
Funil, Captura de Leads, etc.

Marketing Viral
Desenvolvimento, Planejamento, etc.

Trafego
Otimização, Criação de Públicos, etc.

Mas acalme-se, como já dissemos você não precisa ser o expert em tudo. Você precisa conhecer e estudar um pouco sobre, mas precisa ser expert em pelo menos uma dessas áreas.
O ideal é montar uma Equipe de Growth, em que você pega uma pessoa da área Analítica, outra da área de Programação e, lógico, um profissional do Marketing.

Existem Growth Hacker Engenheiros, Publicitários, Administradores, Programadores, Designers, etc., e para você ser um é preciso ter, além do conhecimento, algumas características:

Excelente raciocínio lógico;
Pensamento analítico;
Foco em resultados;
Visão estratégica de negócios;
Ser Comunicativo;
Ser Proativo;
Ser Paciente
Ser Curioso;
Pensar Fora da Caixa.

Se você se encaixa nesse perfil, então o próximo passo é estudar, e muito! Com o seu estudo alinhado, você já sabe como identificar as Oportunidades.
Você irá Analisar todos os Processos e Relatórios da sua Start Up. Analisados, chegou a hora de Experimentar.

Testar novas estratégias constantemente é a maneira mais ágil de fazer com que uma empresa aplique e tenha um crescimento acelerado. Por isso, trabalhar com Growth Hacking significa estar em um constante processo de experimentação, sempre focado no crescimento. Isso te levará a Descobrir maneiras inovadoras para testar e evoluir técnicas já existentes no mercado.

O quarto passo – Saiba como Priorizar as melhores ideias

1- Tenha um Processo para gerar ideias.
Ideias raramente surgem em um momento eureca. As grandes ideias são um conjunto de vários insights e inputs na sua cabecinha. Se você tiver um processo para Criar, Otimizar e Organizar suas ideias, você está a um passo de escalar sua empresa.

Aqui na Let’s temos um processo criado por nós. Ele é exclusivo para nós e nossos alunos, mas, se você quiser conhecer mande um e- mail para gente: contato@empresalets.com.br2

– Priorize
Depois que você já gerou suas ideias, chegou a hora de priorizá-las levando em consideração os seguintes fatores:

Impacto – O Impacto que ela vai ter no mercado;

Confiança – A Confiança que você tem nessa ideia;

Facilidade – O quão fácil é testar e validar essa ideia;

Escalabilidade – O quão fácil é escalar essa ideia;

Lembrando que a última é de total importância, um processo que não é escalável, não vai atingir um crescimento exponencial.
Se não for para crescer de forma surreal, nós nem começamos, né?

O Quinto passo – Estude as Métricas

Chegou à parte analítica do Growth.
Na maioria das vezes o que te impede de crescer são pequenas mudanças que deveriam ser feitas e não são por que ninguém está analisando os dados. Tudo que pode ser mensurado, pode ser otimizado.

Algumas métricas importantes que você não pode deixar de analisar:

Tráfego – Quantos estão acessando? De onde está vindo? Para onde está indo?
Taxa de conversão – Dos que entraram, quantos clicaram? Quantos compraram?
Taxa de rejeição – Quantos saíram? Onde saíram? Por que saíram?
Desistência – Como nós chegamos a esse?
Perguntas simples, que fazem toda a diferença. Lembre-se:
“As perguntas certas, trazem o verdadeiro conhecimento.” By Let’s Growth
O quinto Passo – Entenda o Funil
Em qual parte do funil você aplicará o Growth?
Existe um processo na jornada do seu cliente que vai desde o conhecimento dele para com a sua marca, até a indicação dele para novos usuários. É importante você ter clareza de qual etapa está analisando, em cada uma delas são utilizadas técnicas e experimentos diferentes.

Etapas do Funil:
Aquisição: Práticas para atrair e conquistar novos clientes (Cadastro do Cliente);
Ativação: Experiência do Usuário ao utilizar o seu Produto;
Retenção: Estratégias para o usuário continuar utilizando o produto;
Receita: O cliente começa a comprar de você de forma consistente, como manter isso?;
Indicações: Ele vira advogado da marca, como ele pode indicar para amigos?

Vale lembrar que a maioria das empresas foca somente na etapa número 1.
O que importa para elas é conseguir mais e mais clientes. Nós sugerimos fortemente que você foque em todas as etapas, principalmente na Etapa 5.
Só para reforçar ainda mais, custa 7x mais conquistar um novo cliente do que manter um. #FikDik.

 

O sexto Passo – Seja Consistente e Tenha pensamento Integrado

Criamos essa etapa só para reforçar que a otimização de processos deve ser constante. Isso quer dizer que você deve entrar em um Loop de:
Análise – Experimentação – Otimização
Uma dica é estabelecer uma frequência de testes, mensal ou semanal. Colocar Objetivos e Metas para cada uma dessas semanas.
Ter o pensamento integrado é visualizar cada opção possível, sem descartar nada, sempre colocando a experimentação como a regra, não somente a sua intuição.

O sétimo Passo – Estude o Mercado

Chegamos ao nosso último passo. Ele consiste em você simplesmente estudar as práticas adotadas pelas grandes empresas e o pensamento é o seguinte: Essas empresas, hoje Bilionárias, aplicaram o Growth quando elas era menores, sem verba e sem pessoal. Enxergou algo semelhante aí meu caro?
Elas foram o que somos hoje, pequenas empresas de garagem e universidades com pessoas empreendedoras, com objetivos bem claros, ótimos produtos e um segmento de clientes latente por essa demanda.
O que elas fizeram ontem, você pode estar aprimorando e fazendo hoje. Pense nisso!

Exemplos:

Pay Pall – Ofereceu $10,00 para quem indicasse o Serviço e $10,00 para quem se cadastrasse, conseguiu milhões de clientes;

Hotmail – Com a frase: “este e-mail foi enviado pelo Hotmail. Junte-se agora ao Hotmail” conseguiu milhões de usuários.

DropBox – Ofereceu mais espaço para quem indicasse um amigo e para o amigo que se cadastrasse. de 100 mil usuários para mais de 4 milhões em menos de 2 anos.

Twitter – Sugestões de pessoas e empresas para você seguir logo depois que você se cadastrasse. Retenção de Milhões de usuários.

Instagram – Integração com Twitter e Facebook, facilitando o uso e a disseminação da plataforma para milhões de usuários.

Deu para perceber que às vezes uma mínima mudança faz toda a diferença, né?

Por isso a Análise e a Otimização dos Processos é a chave para um Hacker do Crescimento.
Pequenas mudanças em partes do processo, fazem o processo crescer de forma exponencial, levando a sua empresa a conquistar milhões de usuários em tempo recorde.

Não se preocupe se hoje você ainda não detêm todo o conhecimento, se você sair desse artigo com o Mindset de Crescimento Constante, você já começou com o pé direito.

 

Sem comentários

Publicar um comentário